AFASIA PROPOSICIONAL

4143. AFASIA PROPOSICIONAL

Guilherme Carvalho

Nosso corpo só fala
de modo incidental
não escuta atentamente
fala sem a gente

Tamo lá, no centro
e sem lá, por dentro
é como se nunca escutássemos
a voz dos braços
das pernas
dos poemas intestinais
que sobem e descem
alturas em sair de si,
no amontoado dos tremores
a gritarem sem culpa
o estertor de um sentimento

Mudos de corpo,
nem sequer temos um
léxico corporal mínimo,
nossas partes são mudas
e os sinais não nos falam

Só há essa imagem-ideia
nuvem-nada
imóvel e cambaleante

eterna

a compor o que dizer

AFASIA PROPOSICIONAL

2 comentários sobre “AFASIA PROPOSICIONAL

Diga

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.