0250. Eterno retorno (sólida solidão)

dias de solidão
sem sol, sem chuva
só a sua essência sem razão
sem lei, sem rei
só a solidão que te quintessencia
nefasto, mefisto
sacro e angelical
dia só
sem amor, sem tudo
contudo, com tudo
qual nada
nada a se perder
pois só a solidão
quando nem de ti acompanhado

Deixe uma resposta