0326. Como se fosse amor

(para o grande mestre Chico Buarque)

Eu sei que tu vais me usar
Como se usa um palavrão
E esquecer que me pronunciastes
A apenas míseros três segundos

Eu sei que tu vais me esquecer
Como se vira uma página de Caras
E me usar para forrar o chão
Da casa que pintas

Eu sei que tu vais me usar
Como se coloca o adoçante no café
E esquecer que percorri teu sangue
E alimentei tuas células

Eu sei que tu vais me esquecer
Como aquele outdoor descascado
E me usar como alvo
Para tiros de escopeta

Eu sei que tu vais me usar e me esquecer
E mesmo assim vou te amar,
Como se eterno fosse

Deixe uma resposta