0394.

0394. pelo corredor o murmúrio do silêncio zomba de minha face sonolenta, zomba de minha face sonolenta, berra uma noite mal dormida a frio, traz um vento sinistro que dói os pés — o corredor quer minha morte.

Assassinato

Deixe uma resposta