0765.

Algo insone percorre
como sempre seu ciclo
lunar, inflado hoje
como a irmã que
paira ao ar
Algo luminoso,
insuportável
à própria luz,
um estado interessante
feito em meio
a um dia de sangue
Se auto-parindo no
próprio ato de fecundar
Algo flutua ao espaço
e conduz as idéias
algo insone,
dorme sempre em mim.

Deixe uma resposta