0864. Nesse instante

queria a paz de uma palavra que bastasse
para apaziguar teus sentidos
queria ser teu norte ou quem sabe teu leste
e se teu acaso quisesse poderia ser
tua base e teu sustento

queria ser tua liberdade e dar-me a ti sem medo
sentindo tuas palavras saírem em paz
num hemisfério qualquer

queria dizer teu nome agora
mas este doura demais em dor
que não consigo nem pronunciá-lo

queria ser tua dúvida e teu sono
ou até mesmo tua completa indiferença
e quando tu fosses degustar a noite
poderia eu ser o espaço entre a lua e a rua
entre tua intenção e teu gesto

queria essas coisas todas que começam
em mim e a ti nem sabem que terminam

queria mesmo era teu colo

Deixe uma resposta