0994. A compreensão dos sentidos

O perigo é o de que eu te dê as estrelas
e te leve a passear pelas alamedas
do cemitério.
A máxima do cuidado deve ser feita
antes que eu te escute o que pensas
sem pensar e seja o ouvido
insone de toda tua existência.
E é melhor eu me ir com a manhã
para que o gosto irmão e afável da noite
não se perca no raiar descomedido
do meu desejo.

Deixe uma resposta