1058. Molhos

Uns olhos miudinhos
vêem o estrangeiro
que não vê nada
além de seus próprios olhos.

O forasteiro mira
seu olhar próprio,
vê-se assim em miúdos
pequenos, distantes.

Um olhar d’água
perto me distancia
de meus olhos que
só vêem o próprio olhar.

Na quadrada das águas
dos olhos só o olho
miúdo perto que ao longe
me leva ao meu olhar.

São Salvador, TO.

Deixe uma resposta