1153. Espelhar

no espelho nossas imagens
braços, ombros, afagos
enlaces e encaixes contínuos

no espelho nossas liberdades
que se abrem ao infinito
das possibilidades do prazer

no espelho dos seus versos
meus versos espelham o
amor que se expande por tudo

no espelho do meu quarto
janelas que dão visão ao
desejo do eterno (nosso amor)

Deixe uma resposta