1342.

Hoje eu me reencontro
com ela.
É uma ansiosidade
tal que não contenho
os nervos, estes que
já não me assentam
bem, ondulam uma
freqüência mais
alta ainda.
À meia-noite ela
vai entrar no meu
quarto e me esquentar
do frio.
A solidão é quente.

Deixe uma resposta