1528.

me emaranhar em
tuas luzes, tocar
o vento com as
mãos, beijar as
pétalas da lua,
afagar o sol
em seu verão
manear o tempo
ao teu redor
para que seja
uma estação tua
pegar as folhas
secas com os pés
e fazer delas uma
atadura pra colar
teu sorriso
no infinito
do meu pescoço

Deixe uma resposta