1720. Diferente

É assim a primeira intenção
A volta que não volta
Um azul pra você
Um anseio de Iemanjá
Um verde pra completar
Algo perdido
Entre o céu e a terra

A liberdade vem sutil
Por entre as frestas dos poros
Há sempre outros pelos
Há sempre poesia
Sempre

Sinais sempre vêm
Se vêem
Sem mais, só vêm
Diferentes, outras versões
Tudo novo

Deixe uma resposta