1725. Ter gosto

É preciso ter gosto

Sentir gosto
Está ligado a sentir os cheiros
Pra gostar se precisa do gosto
E do aroma que vem junto
Tem gosto que vem com o cheiro
Tem cheiro que vem com o gosto
Tem essa coisa que se gosta
E vem por acaso
Ao se degustar frases num monitor
E o cheiro vem junto
De tarde junto
De noite junto
De manhã, rindo, junto
No fino das palavras resvaladas e desesperadas
No parque
No surreal
No dizer que não se quer mais
Na loucura da madrugada
Do telefonema infindo
Dos recados em flertes poéticos
Dos sustos patéticos
Dos surtos

O gosto que veio
Eu gosto
O aroma que veio
Falta

Deixe uma resposta