1758. Cloridróxido de Alumínio

Foi na solidão
desmedida desse
quarto de hotel,
sob o som insone
do ventilador,
que eu tive a
iluminação de
que a substância
ativa que impedia
o meu cheiro
de ser único, eu
mesmo posto
em aroma,
trouxe-me esse
odor massificado,
essa coisa cheirosa
sem poesia, pois
que o que treinaram
socialmente os narizes
dizer fedor, foi
relegado ao
poder bélico
da ciência do
cosmético ao nosso
alcance em
aromas encontráveis
em cada esquina.

Viva o cecê,
marca indelével
nasalmente do
eu.

Monte Alegre, GO.

Anúncios
1758. Cloridróxido de Alumínio

Diga

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s