1812. Por nós

Não adianta mais querer não querer
A gente tá aqui então vamos ver
Não adia, anda, mais querer
Ajeite tudo aqui pra gente ver

Nós dois temos todas as luzes pra nós
Os nós das fibras de luz são pra nós
Nos dois termos azuis com o amarelo
Um elo feito por nós

No meio das trilhas planejadas
Chuvosa noite andamos nós
Cordas atadas em nós por trilhar
O plano que exclui o mundo

Vamos andar?
Por nós…

Deixe uma resposta