2071. Tremores essenciais II

movimentos involuntários
o dedo pulsa milímetros
que não foram calculados
quiçá mesmo controlados
pequenos e leves espasmos
como se uma convulsão
se aproximasse e o descontrole
de todo o resto se apoderasse

frenética a perna vibra
em ondulações pouco ritmadas
como que violadas
da própria consciência
fruto factível do fumo
da fossa e do frisson
ondas que nas pernas
vêm e vão

mesmo relaxado tudo teima
em por si mexer
um belo de um auê
os nervos parecem qualquer
coisa entre um varal esticado
e um grave formado pelo
vibrar do vento
imperceptível pouco e breve
mas ainda movimento
involuntário momento
em que o corpo diz
que a mente não pode ser
sempre um unguento

Deixe uma resposta