2329. Oxalá

Tudo se ponha nos eixos
sem ondas de seixos
só nuvens derretidas de
desejos já prontos
em chuva de verão
pingando o chão
de briluzes veleidades

Uma cidade em torno
torneando o fresco da cuca
e sorveteando o quente
dominando o vago rasgo
do regato inconsolável
sendo um vagão de tons
de entardecer até a noite
indo na trilha desse trem
doido doido doido
que é a vida
e rumo ao imponderável

Paes Landim, PI.

2329. Oxalá

Diga

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.