4 comentários em “2575. o ciúme

  1. “Dorme o sol à flor do Chico, meio-dia, tudo esbarra embriagado de seu lume. Dorme ponte, Pernambuco, Rio, Bahia, só vigia um ponto negro: o meu ciúme…”

    tá nessa é??

Deixe uma resposta