2838. Santa Amplitude

a amplidão reflete a pausa do tempo
na transformação de nuvens:
o nascedouro desapegado de toda água doce
o silêncio pousado no espaço entre uma gota e outra

reflete o instante perfeito de todo o ego:
crianças vagando sem rumo pela praia

passa imperfeita
nuance de horizonte e ciclo interno
para as veias incandescentes da terra
essas que fazem brotar ilhas e montanhas
flores de rocha bruta que desenham paisagens

a amplidão reflete a si mesma
dentro da palma de qualquer mão

Deixe uma resposta