pausa: para mar e avante

8695977189_858d72bbb8_o
 

Quiçá haja tranquilidade no meio das águas
Que desse encontro de paz e mar, de onde emergiu Oxum Pandá
Possa não me ressurgir, mas me ser, um pouco mais que seja
Entre Oxalá e Yemanjá

 

 

Algum dia desses, aporto por aqui de novo.

Deixe uma resposta