3950. mãe lilith

livrai-me dos abraços abrasivos
pelo vento
livrai-me até eles
por todo o vento

livrai-me do enrosco
da quebra de sorrisos
dos objetivos
dos sonhos acordados
dos pelos das peles
dos gostos
do meu peito

livrai-me da voz
do aveludado da madrugada
da lambada da serpente
dos animais sonoros

livrai-me livrai-me
livrai-me

até livrar-me de me livrar
e por-se livre
desaprendendo
desprendendo

vento

Anúncios
3950. mãe lilith

Diga

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s