3945.

o peito pensa
é uma massa densa
que se consolida ao redor
vai da garganta
ao umbigo,
podia não se ater,
antever o início do
momento mágico
em que a massa
viraria leveza
nunca travestida de
outro ser
(o que sai de mim
é de mim, vê-se
com outros átomos)
se eu dissesse meias
verdades, falasse
com as pontas dos pés
o que diriam as células
e os cigarros?
o que diriam as mãos?
como o rio que me
atravessa peitos e
plumas meus
ouriçado entre os
entes
e como espasmos
encontro outros alicerces.
meu problema é
diagnosticar angústias
como se fossem solavancos
amaldiçoados dentro de mim.
meu Exu capta dores
e farsas e desavisado
riso franco, maligno
não me avisa:
todo o visto vem de mim,
não dali ou daí.

Anúncios
3945.

Diga

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s