0859.

Por que raios tem de haver
essa comoção em mim?
Por que o coração não basta?
Por que sempre esse enternecer-se
com a flor ao lado?
Por que não o vazio das horas
e a aspereza dos sentimentos?
Por que não com a certeza de um
Deus eu preenchesse tudo?
Por que esse anseio pelo além,
pelo imponderável não crido?
Pra que?

Deixe uma resposta