2049. Fim com trilha de Itamar

toda aquela coisa louca
de Itamar de boca a boca
de mil lágrimas
de manhãs roucas
toda ela jaz agora
apenas no passado
toda ela vive agora
nos poucos neurônios
ainda biônicos

todo o se lambuzar de dendê
fica assim lá longe
e tão perto quanto sua alma
quanto o seu próprio ser

acabou antes mesmo
que tudo fosse começar
amputada a assunção

Deixe uma resposta