2380. Por favor

não me contem sobre seus casos
histórias tortas, atos falhos
falem-me somente sobre seu amor
e sobre as formas belas de seu silêncio

não me falem de seus homens
ou mesmo de suas mulheres
falem-me sobre a alegria incontida
entre uma canção e o maneio dos quadris

e não me digam nunca a palavra traição
essa que da existência do burlar o sagrado
é o maior dos pecados contra si

trair inexiste

viver sim é que insiste
o resto causa tédio e penar

Um comentário em “2380. Por favor

Deixe uma resposta