2762. Novos evangelhos

Quem você acha que eu sou?
Conquanto mede o mesmo
a minha e a sua dor.
Se tanto somos nós,
pavor e torpor.
Quando se alinham nossos
estigmas em lapsos de amor.
Quem você acha que eu sou
senão você recolado numa
fresta do reflexo longínquo?
Sempre nós dessa corda
tesa que nos liga às impossibilidades
do intermédio

que vai de nós para laços.

Deixe uma resposta