3434. como

calma
como o vento dança folhas
ondas desengonçadas pela manhã

calma
como a luz leva longas léguas
de eras para o eros das cores

calma
como as pedras, poros expostos
na derme cambiante da terra, vida

calma
como esse fogo interno
que atenta e atende, tantos, tânatos

calma
como olhares perdidos e ligeiros
buscando fora a cura para dentro

calma
é o que diz essa caneta tensa
psicográfica, discreta proposta posta

Anúncios
3434. como

Diga

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s