3436. desenterrar

era aqui onde a solidão
estampava bem.
onde ser só, não condoía
era até esperançoso
dissipava as intempéries
caminhava decidido
resoluto com a perspectiva
de contemplar.
desconhecia os rótulos,
desconhecia o tempo e
sabia o que acompanhava.

era puro
era bem aqui,
dentro de mim.

Um comentário em “3436. desenterrar

Deixe uma resposta