4011.

quantas vezes eu me estuprei?
ao me exigir uma potência inexistente
uma voracidade impalpável
e ainda assim ali
mente em estado fantasmático
corpo em modulação mecatrônica
igual à fábula pornográfica

ansiosidade meia bomba
a qualquer momento ele brocha

eu
só partes em animismo esquizoide

caçador de imagens meio afeto
meio objeto
eu
abjeto

nojo interno, bastaria um não:
não precisa, não agora, não

pelo dever composto
de dar substrato aos pelos
e à paisagem pélvica
morro testemunho do macho habitado
potencialmente inerosível

 
a lição do consentimento
inegavelmente vinda da outra
também tem de partir de mim a mim

Anúncios
4011.

Diga

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.